Bombardeiro estratégico dos EUA se aproxima das fronteiras russas

Bombardeiro B-52H da Força Aérea dos Estados Unidos
CC0 / Robert Sullivan

Um bombardeiro estratégico Boeing B-52H Stratofortress da Força Aérea dos EUA se aproximou das fronteiras da região russa de Kaliningrado, relata o portal de monitoramento Plane Radar.

De acordo com o portal, a aeronave militar decolou da base aérea de Fairford, que se encontra na Inglaterra e pertence à Força Aérea Real e que nos últimos anos é sobretudo usada pelos EUA. Depois de levantar voo, o Boeing se dirigiu para as fronteiras russas. Às 13h20, horário de Moscou (07h20, horário de Brasília), o bombardeiro treinou um ataque virtual contra uma base da Frota do Báltico russa.

https://pbs.twimg.com/media/D2FuuR8WkAAOiBq.jpg
11h45 horário de Moscou
O bombardeiro estratégico #Boeing B-52H #Stratofortress da Força Aérea dos EUA, (2BW | 20BS), com o número de bordo 60-0024, decolou da base aérea de Fairford #EGVA e voa em direção à região de Kaliningrado.

https://pbs.twimg.com/media/D2GCeYQX4AAhPOD.jpg
13h10 horário de Moscou
Aproximando-se da região de Kaliningrado
13h20 horário de Moscou
Ataque virtual contra a base da Frota do Báltico
Conforme dados do portal, o voo foi realizado à altitude de oito quilômetros.


O Boeing B-52H Stratofortress é um bombardeiro estratégico que está em serviço da Força Aérea estadunidense desde 1955. Voando a velocidades menores que a do som, o avião é capaz de portar vários tipos de armas, inclusive nucleares.

A presença de aviões de inteligência estrangeiros e de aeronaves não tripuladas perto das fronteiras da Rússia tem aumentado bastante nos últimos anos. Assim, aeronaves estrangeiras são vistas com regularidade perto da península da Crimeia, na região de Krasnodar e também no mar Báltico.

Fonte Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários