Caça Su-57 russo pode 'tornar completamente em lixo' material bélico estadunidense

Su-57
CC BY-SA 3.0 / Alex Beltyukov / Sukhoi T-50

O site chinês Sina partilha sua opinião sobre o novo radar de fótons de micro-ondas que permite aos aviões de guerra russos “tornar em lixo” o material bélico estadunidense.

O portal Russkoe Oruzhie, citando a mídia chinesa Mil.news.sina, informou que graças a um novo radar de fótons de micro-ondas o caça pode "tornar em lixo" o material bélico estadunidense. O autor sublinhou que a Rússia tem realizado a modernização das Forças Armadas nas últimas duas décadas.

"A ideia dos russos é muito clara: os mísseis nucleares protegem o país contra uma invasão em grande escala, enquanto o armamento tático, tal como caças e navios de guerra, assegura a vitória da Rússia em conflitos locais", escreve o portal.

Hoje em dia, a Rússia está elaborando tecnologias de fótons de micro-ondas que, realmente, são uma nova etapa no desenvolvimento das armas convencionais.

"A característica distintiva desse tipo dos radares é que eles são compactos, leves e têm um grande raio de funcionamento. Ele pode refletir a silhueta do avião com uma resolução várias dezenas de vezes superior à de um radar comum", escreve o site chinês.

O tamanho dos novos radares é quase duas vezes menor que o dos que existem agora, o que lhes dá uma série de vantagens significativas.

Com isso, os analistas chineses acham que a proteção bem forte contra a interferência eletrônica pode "tornar completamente em lixo as poderosas interferências norte-americanas".

Atualmente o Exército da Rússia passa por uma fase da modernização. Há muitos novos tipos de armamento que foram postos em serviço. Entre os exemplos mais recentes se destaca o caça de quinta geração Su-57.

Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários