Putin observa sistemas avançados de defesa aérea durante visita ao sul da Rússia

 O presidente da Rússia Vladimir Putin visita o Centro de Voo e Testagem do Estado de Chkalov em Akhtubinsk
© Alexei Nikolsky/Russian Presidential Press and Information Office/TASS
O presidente russo Vladimir Putin viu as mais avançadas e promissoras estações de radar e sistemas de mísseis terra-ar durante sua visita a Akhtubinsk, no sul da Rússia, na terça-feira.

O avançado equipamento militar foi demonstrado para o comandante supremo da Rússia no 929º Centro de Testes e Voo do Estado de Chkalov.

O presidente russo viu os sistemas avançados de defesa aérea junto com o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, o vice-primeiro-ministro Yuri Borisov, o ministro da Indústria e Comércio, Denis Manturov, e representantes da indústria de defesa do país. Putin realizou por isso uma breve sessão de uma série de reuniões do governo em maio sobre questões de defesa.

O Comandante-em-Chefe da Defesa Aérea e Defesa de Mísseis, Vice-Comandante do Tenente-General da Força Aeroespacial Russa Yuri Grekhov e o Tenente-General Alexei Leonov, da Defesa Aérea das Tropas, estavam dando explicações ao presidente russo.

Putin viu os sistemas de radar Podlyot e Kasta 2-2V, o sistema de controle automático Fundament-M e o radar Valdai designado para detectar e combater veículos aéreos não tripulados.

Além disso, o líder russo viu os complexos de mísseis antiaéreos S-350 Vityaz e S-300V4, sistemas de mísseis/canhões Pantsyr-S, Pantsyr-SM e Pantsyr-SA e também os complexos de mísseis de defesa aérea Tor-M2 e Buk-M3. Durante a inspeção, funcionários do Ministério da Defesa informaram o chefe do Estado russo sobre as características operacionais de cada sistema e sobre o ritmo dos testes com relação a armas promissoras ou a experiência do uso do equipamento militar já entregue às tropas.

Depois de ver o avançado equipamento militar, Putin conversou com os pilotos que haviam pilotado os caças Su-57 que escoltaram o avião presidencial na  aproximação sobre Akhtubinsk.

AKHTUBINSK, 14 de maio TASS

Postar um comentário

0 Comentários