Rússia desativa mais de 2.500 projéteis da II Guerra Mundial

Soldado soviético pinta mais uma estrela para cada avião derrubado durante a Batalha de Stalingrado, durante a Segunda Guerra Mundial
© Sputnik / Georgy Zelma

Militares da Frota do Báltico da Rússia desativaram mais de 2.500 projéteis de artilharia da época da Segunda Guerra Mundial entre os meses de janeiro e abril de 2019, conforme informou a própria instituição.

"Unidades militares da Frota do Báltico neutralizaram mais de 2.500 objetos perigosos da época da Grande Guerra Patriótica nos quatro primeiros meses do ano", disse a frota por meio de um comunicado.

Os russos chamam de Grande Guerra Patriótica o período compreendido entre 22 de junho de 1941, quando teve início a invasão da Alemanha à União Soviética, e maio de 1945, que marca a capitulação do regime nazista, protagonizada pelas tropas do Exército Vermelho.

O projétil mais pesado destruído pelas forças russas neste ano seria uma bomba de aproximadamente 500 kg, encontrada no centro da cidade de Kaliningrado durante uma escavação. Entre os principais da lista estariam munições de morteiros, granadas de mão e outros explosivos semelhantes.

00:55 04.05.2019 https://sptnkne.ws/muDD

Postar um comentário

0 Comentários