Rússia estende a vida útil do ICBM SS-19 'Stiletto' para mais de 36 anos

Míssil balístico intercontinental UR-100
© Sergei Kazak/TASS

A vida útil dos mísseis balísticos intercontinentais (ICBMs) UR-100N UTTKh (nome dado pela OTAN: SS-19 Stiletto) em operação na Força de Mísseis Estratégicos da Rússia foi estendida para mais de 36 anos, o maior período do mundo, segundo disse à TASS na terça-feira o Presidente-Executivo e Projetista Chefe da Associação de Pesquisa e Construção de Máquinas Alexander Leonov.

"Os mísseis UTTKh têm o maior tempo de serviço de combate e agora esse tempo foi estendido para mais de 36 anos, de acordo com os planos da Força de Mísseis Estratégicos para a operação desses sistemas. A tarefa de assegurar um longo prazo de operação dos mísseis, mantendo suas características técnicas e de combate, foi solucionada pela primeira vez no mundo", disse o presidente-executivo.

A tarefa de "ampliar ainda mais a vida útil dos mísseis UR-100N UTTKh também está na agenda", ressaltou.

Um grande esforço de pesquisa científica e trabalhos de planejamento experimental foram realizados para estender a vida útil dos Stiletto ICBMs, observou ele.

Em particular, especialistas russos determinaram a margem de resistência para estruturas de carga e verificaram cuidadosamente a condição das paredes dos tanques de combustível dos mísseis, analisaram a condição dos componentes do combustível de mísseis e realizaram testes em câmaras climáticas, disse ele.

Sistema hipersônico Avangard

Uma fonte da indústria de defesa russa disse anteriormente à TASS que o UR-100N UTTKh seria usado no futuro imediato como lançadores do veículo planador hipersônico Avangard. A nova arma foi revelada pelo presidente russo Vladimir Putin em seu discurso à nação durante a Assembléia Federal em março de 2018. A Força de Mísseis Estratégicos da Rússia anunciou que o primeiro sistema de mísseis hipersônicos Avangard entraria em combate até o final de 2019. Eventualmente, os ICBMs UR-100N UTTKh serão substituídos pelos promissores mísseis balísticos intercontinentais Sarmat.

O veículo planador hipersônico Avangard foi desenvolvido pela Associação de Pesquisa e Produção de Construção de Máquinas (na cidade de Reutov, região de Moscou) e foi testado a partir de 2004. O veículo planador é capaz de voar a uma velocidade hipersônica nas camadas densas da atmosfera, manobrando durante sua trajetória de vôo e altitude e rompendo qualquer defesa antimíssil.

O UR-100N UTTKh (SS-19 Stiletto) é uma atualização do complexo de mísseis UR-100 desenvolvido na União Soviética na década de 1960 pela Divisão de Projetos-52, liderado por Vladimir Chelomei e foi comissionado em 1980. Atualmente a Força de Mísseis Estratégicos da Rússia opera 30 mísseis baseados em silo deste tipo, de acordo com fontes não oficiais. O míssil tem um peso de decolagem de cerca de 100 toneladas e um peso de lançamento de cerca de 4,5 toneladas.

Postar um comentário

0 Comentários