EUA alertam países para não adquirirem armas que possam pôr em perigo caças F-35

F-35 da Força Aérea israelense, foto de arquivo

Os norte-americanos tencionam advertir a Índia e outros países para não comprarem equipamentos militares que possam ameaçar os caças F-35.


A informação foi dada pelo subsecretário adjunto para Assuntos Políticos do Departamento de Defesa, David Trachtenberg.

"Acredito que a mensagem que estamos enviando é que queremos estar seguros de que outros países não estejam comprando equipamento destinado a contra-atacar nossos sofisticados aviões de quinta geração", afirmou o subsecretário durante uma coletiva de imprensa.

Anteriormente, o Pentágono anunciou que a Turquia deixaria de participar do seu programa dos caças F-35 por adquirir os sistemas russos de defesa aérea S-400.

A compra dos sistemas russos S-400 provocou tensões entre a Turquia e os EUA. Por inúmeras vezes, Washington exigiu que Ancara renunciasse ao armamento russo e comprasse os sistemas norte-americanos Patriot.

Entretanto, a Turquia assegurou em todas as ocasiões que não renunciaria aos sistemas russos, mesmo perante a pressão norte-americana. Os EUA alegam que os sistemas russos não são compatíveis com os padrões da OTAN.

Os mísseis interceptores do sistema S-400 são capazes de abater aeronaves, equipamentos furtivos, mísseis de cruzeiro, mísseis balísticos táticos e tático-operacionais.

O sistema possui um alcance de até 400 quilômetros, podendo abater alvos a até 30 quilômetros de altitude.

05:24 18.07.2019 (atualizado 05:30 18.07.2019) Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários