MiG-29 do Azerbaijão acidenta-se enquanto país procura modernizar sua frota

Caça bimotor MiG-29 da Força Aérea Azeri

Em meio a discussões em andamento sobre os planos de modernização da frota de caças do país, um caça bimotor multifunção MiG-29 da Força Aérea do Azerbaijão caiu no Mar Cáspio durante uma missão de treinamento. 

As forças armadas do país declararam a respeito do incidente: "Em 24 de julho, por volta das 22:00, um avião MiG-29 da Força Aérea do Azerbaijão, que estava realizando um voo de treinamento, desapareceu repentinamente do radar. De acordo com uma versão preliminar, o avião acidentou-se e caiu no Mar Cáspio".

O Azerbaijão opera uma pequena frota de 16 aviões MiG-29 (14 MiG-29A, 2 MiG-29UB) herdados da União Soviética, complementados por um esquadrão misto de jatos de ataque Su-25 e caças de ataque Su-24.

Caça monomotor multifunção JF-17
Caça monomotor multifunção JF-17

O MiG-29A é atualmente a única classe de caças operada pela Força Aérea do Azerbaijão, embora a instituição tenha começado a considerar a aquisição de jatos mais modernos como o sino-paquistanês JF-17, supostamente um dos principais candidatos.

O MiG-29A entrou em serviço pela primeira vez na Força Aérea Soviética no início dos anos 80, e embora sua estrutura mantenha um desempenho aeronáutico impressionante, sua eletrônica, aviônica, sensores e sistemas de armas são cada vez mais superados pelos sistemas mais novos.



Devido à natureza das relações do Azerbaijão com a Rússia, é improvável que adquira dos russos as versões mais modernas do MiG-29 ou adquira seu substituto de próxima geração, o MiG-35.

Uma encomenda recente da vizinha Armênia para seis caças pesados Su-30SM permite de forma realista que a Força Aérea do país neutralize toda a frota azeri com uma pequena unidade aérea devido à sofisticação da plataforma.

Como o Azerbaijão responderá e quais novas plataformas ele poderá adquirir, ainda precisa ser visto.

Traduzido por Pacto de Varsóvia.

24 de julho de 2019 Military Watch

Postar um comentário

0 Comentários