Precisão: vídeo mostra bomba russa destruindo centro financeiro do Estado Islâmico

Situação na Síria

Um vídeo recém-publicado mostra como uma bomba guiada russa atinge diretamente o centro financeiro do Estado Islâmico (Daesh).

As imagens mostram como o projétil, que pesa cerca de 500 quilos, chega ao centro de negócios que abriga a instalação terrorista em seu andar térreo. Graças à precisão da bomba, os edifícios contíguos ficaram intactos e o próprio centro de negócios não entrou em colapso.


Para este ataque aéreo, foi utilizada uma bomba da família de projéteis KAB-500 , que possui diversos sistemas de orientação. O primeiro sistema consiste em uma câmera montada na bomba cujas imagens são transmitidas para o bombardeiro, onde o operador de armas pode guiá-lo até o alvo.

O segundo sistema é automático: a bomba compara o que "vê" com uma imagem de referência e é orientada para o alvo. Há também a possibilidade de guiar a bomba com um feixe de laser que é projetado no alvo. O referido laser pode ser projetado por tropas terrestres, pelo próprio bombardeiro ou por um drone.



Finalmente, essas bombas podem ser direcionadas seguindo as coordenadas GPS ou GLONASS programadas antes da missão. Caso o sinal seja perdido, o controle da bomba passa para as mãos do operador de armas no avião controlador.

Graças a esta variedade de sistemas de orientação e uma grande variedade de tipos de ogivas explosivas, a KAB-500 tornou-se popular entre os pilotos militares russos na Síria, já que mísseis guiados podem ser lançados de grandes altitudes, evitando assim a defesa aérea limitada dos terroristas.

Quando se trata de alvos fortificados ou enterrados em cavernas, a Força Aeroespacial Russa usa as bombas KAB-1500, as mais pesadas ao seu serviço.

Traduzido por Pacto de Varsóvia.

17:13 27.07.2019 (atualizado às 17:34 de 27.07.2019) Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários