Submarino nuclear dos EUA chega a Coreia do Sul após teste norte-coreano

Submarino de ataque da Classe Los Angeles

Na quinta-feira (25), a Coreia do Norte testou dois mísseis que caíram no mar do Japão. Em resposta, Trump disse que não se incomodou já que foram mísseis de curto alcance.

O submarino nuclear norte-americano USS Oklahoma City atracou na cidade sul-coreana de Busan. A chegada do submarino se deu logo após os norte-coreanos testarem mísseis de curto alcance, informa o Daily Star.

Pyongyang disparou 2 mísseis balísticos que caíram no mar do Japão, em uma área próxima à cidade costeira de Wonsan, nesta quinta.

O Comando Conjunto de Chefes de Estado-Maior da Coreia do Sul disse que os mísseis voaram aproximadamente por 430 km, atingindo a altitude de 50 km antes de cair no mar.

Por sua vez, a mídia estatal norte-coreana informou que os lançamentos foram testes de um novo míssil tático, e que o presidente Kim Jong-un supervisionou o lançamento.

Sistemas de artilharia autopropulsada K9
Sistemas de artilharia autopropulsada K9 

Mais tarde, o líder norte-coreano disse que o teste foi um "aviso solene" à Coreia do Sul para que esta pare de aumentar seu poderio militar e desista de realizar exercícios conjuntos com os EUA.

Pyongyang considera tais exercícios como uma preparação para a guerra contra si.

Ignorando as declarações de Kim, Washington e Seul devem prosseguir com os exercícios planejados.



O presidente Trump afirmou que o último teste norte-coreano não lhe incomodou, visto que se tratou de mísseis de curto alcance.

Tanto o teste quanto a chegada do submarino nuclear ocorreram menos de um mês após o encontro de Kim e Trump na zona desmilitarizada, onde ambos concordaram em retomar as conversações sobre a desnuclearização da península.

11:19 27.07.2019 (atualizado 11:21 27.07.2019) Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários