Ucrânia decretou a apreensão do petroleiro russo Nika Spirit

O petroleiro russo Nika Spirit (arquivo)

Um tribunal ucraniano emitiu a apreensão do petroleiro russo Nika Spirit, retido em 25 de julho no porto de Izmaíl, na região ucraniana de Odessa, informou o promotor militar ucraniano Anatoli Matios.

"Depois de analisar o pedido, o tribunal decretou a apreensão do navio junto com os documentos apreendidos durante as buscas", escreveu Matios em sua página no Facebook.

Em 25 de julho o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) relataram ter parado para reabastecer o petroleiro russo Nika Spirit no porto de Izmail.

Kiev alega que anteriormente o petroleiro era chamado de NEYMA e que ele participou do alegado bloqueio de navios ucranianos no Estreito de Kerch.

Em 26 de julho, verificou-se que os membros da tripulação do Nika Spirit voltaram para a Rússia.

Traduzido por Pacto de Varsóvia.

16:27 30/07/2019 (atualizado às 16:43 30.07.2019) Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários