Bolton acusa China de 'roubo' de tecnologias do F-35

Caça F-35B (foto de arquivo)

O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, acusou a China de roubo de tecnologias do caça F-35 estadunidense para seu próprio caça de quinta geração.


"Nós estamos preocupados com a saída de tecnologias militares para a China. Por exemplo, nós vemos que o caça chinês de quinta geração em muitos aspectos tem a mesma aparência do F-35. Por que ele é um F-35. Eles, em geral, simplesmente o roubaram", disse Bolton aos jornalistas na quarta-feira (28).

Tensões entre EUA e China


Antes, durante a sua visita à Ucrânia, John Bolton afirmou que os EUA estão informando seus amigos e aliados sobre o perigo dos investimentos chineses.

"Nós achamos que a China tenta se integrar na economia dos países por todo o mundo […] Nós informamos os nossos amigos e parceiros sobre os perigos que trazem os investimentos chineses", disse Bolton à agência de notícias ucraniana Evropeiska Pravda (Verdade Europeia).

Assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, durante a coletiva de imprensa em Kiev, em 28 de agosto de 2019
Assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, durante a coletiva de imprensa em Kiev, em 28 de agosto de 2019

Mais cedo em agosto, o assessor de Segurança Nacional dos EUA disse que a Rússia estaria desenvolvendo novos mísseis baseados em tecnologias "roubadas" dos EUA, mas sem apresentar nenhumas provas. O ministro das Relações Exteriores da Rússia criticou as acusações de Bolton e sugeriu que Washington teria copiado inúmeras tecnologias de outros países.

12:20 28.08.2019 (atualizado 12:27 28.08.2019) Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários