Trump afirma possuir mísseis que os EUA não têm

O presidente dos EUA, Donald Trump, e novo conselheiro de segurança nacional, general Herbert McMaster, em 20 de fevereiro de 2017

Presidente dos EUA afirmou no Twitter que seu país tem tecnologia de mísseis igual à russa. Trump foi desmentido por Thomas Countryman, ex-funcionário da Defesa e diplomata norte-americano.


O armamento em questão seria um míssil de cruzeiro com propulsão nuclear. Ele seria equipado com um motor reativo que funciona à base de combustível nuclear. Por este motivo, o artefato teria "alcance infinito".

Após a explosão durante um teste de um novo tipo de propulsão na Rússia, o presidente Trump escreveu em seu Twitter que os Estados Unidos possuem tecnologia semelhante. No entanto, o presidente foi desmentido pelo diplomata e ex-assessor da Secretaria de Estado para Segurança Internacional e Não-Proliferação, Thomas Countryman, em declaração feita à Sputnik.


"Os comentários do presidente no Twitter têm interesse se você se preocupa com o que se passa na cabeça dele. Se você vê os tweets do presidente como indicador da realidade, então você vai se decepcionar. Ele não sabe o que está falando. Nós não temos sistemas parecidos. Os EUA não possuem e nem estão desenvolvendo um míssil com propulsão nuclear", disse Thomas.


No dia 8 deste mês, foi registrada uma explosão nas cercanias de Arkhangelsk, Rússia.

O Ministério da Defesa da Rússia e a Rosatom (Corporação Estatal de Energia Atômica) afirmaram que o incidente foi resultado de um teste malsucedido com um motor reativo a base de um combustível líquido. A inteligência americana suspeita que a explosão esteja ligada a um míssil Burevestnik, denominado pela OTAN como SSC-X-9 Skyfall.

09:57 14.08.2019 (atualizado 10:13 14.08.2019) Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários