O misterioso submarino sem vela da China

O misterioso submarino sem vela da China


As novas imagens de satélite do Google Earth do submarino chinês sem vela enviadas recentemente, tiradas em 18 de setembro de 2019, fornecem as suas primeiras medidas. 


O barco está presente na doca do estaleiro JN (31 ° 20'47.29 "N, 121 ° 44'34.24" E).
O barco está presente na doca do estaleiro JN (31 ° 20'47.29 "N, 121 ° 44'34.24" E).

Isso permite uma estimativa de tamanho atualizada: 45 metros (150 pés) de comprimento e 4-4,5 metros (15 pés) de diâmetro do casco.

Em março de 2019, uma captura de vídeo publicada nas mídias sociais chinesas em 29 de março de 2019 parece mostrar um projeto de submarino chinês desconhecido relatado pela primeira vez em outubro de 2018.


A característica mais marcante é a vela extremamente pequena. O novo vídeo mostra tripulantes sobre o casco, desafiando as especulações anteriores de que poderia ser um protótipo muito grande de  um veículo subaquático não tripulado (UUV). A construção de casco simples e o grande tamanho também apontam para um submarino tripulado.


O papel do novo submarino não está confirmado. Não há indicações claras de tubos de torpedo ou dome de sonar nas fotografias de alta qualidade divulgadas em outubro de 2018 que mostram o aspecto frontal. Esses recursos nem sempre são discerníveis nas fotos de lançamento, por isso não são conclusivos, mas sua aparente ausência apontaria para um papel puramente experimental para o submarino.

Outra possibilidade é que a falta de uma vela combinada com um comprimento total curto indique um novo arranjo de propulsão. O estaleiro onde se acredita que o barco foi construído, o estaleiro JN (31 ° 21'0,12 "N, 121 ° 44'41,74" E) não está associado à construção de submarinos nucleares.

O estaleiro JN lançou o submarino em meados de outubro de 2018. Embora imagens de alta qualidade fossem compartilhadas online, poucos detalhes estavam disponíveis.
O estaleiro JN lançou o submarino em meados de outubro de 2018. Embora imagens e alta qualidade fossem compartilhadas online, poucos detalhes estavam disponíveis

Potencialmente, isso representa um protótipo ou o barco principal da classe de um submarino totalmente elétrico que depende de baterias de íon de lítio, removendo o gerador a diesel, eliminando assim a necessidade de um sistema de snorkel completo (um snorkel de entrada de ar ainda seria desejável para tripulação) e reduzindo grande parte do espaço para máquinas. Como alternativa, poderia ser um submarino AIP (Air Independent Power).

Traduzido por Pacto de Varsóvia.

Ter 08 outubro 2019 HI Sutton

Postar um comentário

0 Comentários