Pentágono admite que suas tropas estão encurraladas na Síria

Patrulha dos EUA na, Síria

O Exército dos EUA na Síria está encurralado entre as tropas turcas, que estão conduzindo uma operação contra as formações curdas, e o Exército sírio, disse o chefe do Pentágono, Mark Esper.


"As tropas americanas estão presas entre o Exército sírio-russo, que se dirige para norte para enfrentar o Exército turco, que se dirige para o sul", afirmou à Fox News o secretário de Defesa, chamando a situação de "terrível".

Esper observou que os EUA não concordaram em combater com a Turquia para proteger os curdos sírios, admitindo que Washington não tem forças suficientes na região para parar a ofensiva das tropas turcas.

Há pouco, o chefe do Pentágono havia informado que os EUA iriam retirar cerca de mil soldados do norte da Síria.

No domingo (13), Damasco, decidiu enviar tropas para toda a fronteira com a Turquia para ajudar os curdos. As tropas governamentais já começaram a ser deslocadas para o norte do país.

Segundo a Reuters, citando fontes, os EUA estão considerando a possibilidade de retirar a maior parte de suas tropas da Síria nos próximos dias, o que pode levar mais de duas semanas.


Operação Primavera da Paz


O Ministério da Defesa turco informou no sábado (12), que os militares turcos e a oposição armada síria assumiram o controle de Ras al-Ain, e no domingo, a agência de notícias Anadolu comunicou que a Turquia tomou a cidade síria de Tell Abyad.

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan anunciou no dia 9 de outubro o início da Operação Primavera da Paz no nordeste da Síria prometendo limpar a região dos militantes curdos e dos combatentes do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países). Posteriormente, a parte terrestre da operação foi anunciada.

Militares turcos na fronteira turco-síria
Militares turcos na fronteira turco-síria

No mesmo dia do início da operação militar, a aviação turca atacou a cidade de Ras al-Ain e várias outras cidades sírias na fronteira entre os dois países e, posteriormente, a parte terrestre da operação foi anunciada.

04:10 14.10.2019 (atualizado 05:11 14.10.2019) Sputnik


Postar um comentário

0 Comentários