Rússia irá fornecer sistemas de inteligência eletrônica para o Irã


Rússia irá fornecer sistemas de inteligência eletrônica para o Irã

A Rússia irá fornecer armamentos defensivos à Teerã, como complexo de inteligência eletrônica, informou à Sputnik o representante de cooperação técnico militar da Rússia, Dmitry Shugaev.

As principais autoridades governamentais e corporativas dos setores de aviação e cooperação militar estão reunidas na feira Dubai Aeroshow 2019, celebrada na capital dos Emirados Árabes Unidos entre os dias 17 e 22 de novembro.

Complexo de inteligência eletrônica passivo (foto referencial)
Complexo de inteligência eletrônica passivo (foto referencial)

O Diretor do Serviço Federal russo de cooperação técnico-militar, Dmitry Shugaev, disse à Sputnik nesta segunda-feira (18) que a Rússia irá manter os contratos de fornecimento de armamentos ao Irã que estão de acordo com as normas da ONU:

"Seguiremos com a execução dos contratos que não contradizem as sanções impostas pela ONU, como o fornecimento de sistemas de testes e reparos, equipamentos de monitoramento de rádio, complexos de inteligência eletrônica, assim como outros armamentos de caráter defensivo", disse Shugaev.

A cooperação técnico-militar entre o Irã e a Rússia foi reduzida pela resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU, aprovada em 20 de junho de 2015, e por decreto presidencial russo, de 11 de março de 2016.

Diretor do Serviço Federal russo de cooperação técnico-militar, Dmitry Shugaev
Diretor do Serviço Federal russo de cooperação técnico-militar, Dmitry Shugaev

De acordo com as normas internacionais, até outubro de 2020, a cooperação técnico-militar em armas ofensivas com o Irã está proibida.

12:05 18.11.2019 Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários