EUA ratificam admissão de novo membro na OTAN

Oficiais de guarda do exército macedônio mudam as bandeiras nacionais durante uma cerimônia especial em frente ao prédio do governo na capital da Macedônia, Escópia.

Os Estados Unidos aprovaram oficialmente a admissão da Macedônia do Norte na OTAN, aproximando a nação balcânica da adesão total à aliança, afirmou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

O secretário de Estado norte-americano fez o anúncio através do Twitter.


É um prazer anunciar que os Estados Unidos depositaram sua ratificação do Protocolo de Adesão à OTAN da Macedônia do Norte. Um passo mais perto de receber a Macedônia do Norte como o 30º aliado da OTAN!

Em outubro, o Senado norte-americano aprovou a decisão do governo dos EUA de apoiar a entrada da Macedônia do Norte na aliança em votação quase unânime - 91 a 2. Somente os senadores republicanos Rand Paul e Mike Lee votaram contra.


Anseio antigo e mudança de nome

Desde 1999, a Macedônia do Norte participa do Plano de Ação para Membros da OTAN, um programa de aconselhamento e assistência adaptado às necessidades individuais dos países que desejam ingressar na aliança.

Já em 2008, durante a cúpula de Bucareste, o país foi convidado a ingressar no bloco sob a condição de chegar a um consenso com a Grécia sobre a questão do nome do país. A Grécia defendia que a então "Macedônia" deveria mudar de nome pois este era o mesmo de uma região histórica grega.

A disputa foi resolvida em junho de 2018, quando o país foi renomeado como Macedônia do Norte, resolvendo a questão com a Grécia e abrindo caminho para a adesão tanto à União Europeia quanto à OTAN.

01:50 02.12.2019 (atualizado 04:10 02.12.2019) Sputnik

Postar um comentário

0 Comentários