Um bombardeiro Tu-160 modernizado sobe aos céus pela primeira vez

RT

Um Tu-160 modernizado, o icônico bombardeiro estratégico da Rússia, com novos aviônicos, controles e outros equipamentos, iniciou seu voo inaugural. Alega-se que as mudanças dobraram sua eficácia de combate.

Imagens do avião modernizado foram divulgadas pelos militares russos na quinta-feira, embora o voo de teste tenha ocorrido no início deste mês na área de testes da fábrica de aviões de Kazan. O avião fez uma curta viagem, permanecendo no ar por cerca de meia hora a uma altitude de 1.500 metros.


O bombardeiro supersônico com capacidade nuclear Tu-160 foi introduzido no final da era soviética e permanece a serviço da Força Aérea Russa desde então. Todas as aeronaves existentes devem ser atualizadas para as versões avançadas 'M' e 'M2', enquanto espera-se que vários aviões Tu-160M2 sejam produzidos a partir do zero.

O Tu-160 'Igor Sikorsky' antes da modernização
O Tu-160 'Igor Sikorsky' antes da modernização

O avião recebeu novos equipamentos de aviônicos e de comunicação, além de novas estações de comando e controle, radar e guerra eletrônica. Diz-se que a eficácia de combate da aeronave foi dobrada com o novo equipamento.

As versões 'M' e 'M2' também devem receber novos motores mais eficientes, que expandirão o alcance operacional em 1.000 quilômetros - e os aviões Tu-160 padrão já possuem um impressionante alcance operacional de 13.000 quilômetros sem reabastecimento. Ainda não está claro se o avião modernizado já recebeu os novos motores.


Além das mudanças ocultas, o avião aparentemente também recebeu alguns ajustes estruturais. A aeronave tem uma porção de novos painéis na fuselagem e, por isso, sua pintura parece bastante desgastada. A julgar pelo que resta da pintura da aeronave experimental, foi o jato Tu-160 'Igor Sikorsky', número de série 4-05, que recebeu a reforma 'M'.

Traduzido por Pacto de Varsóvia.

6 Fevereiro, 2020 15:03 RT

Postar um comentário

0 Comentários