Entra em produção o novo sistema de radar móvel para detecção e controle de posições de tiro 1L260-E

6 de junho de 2020 Defesa Nacional

Entra em produção o novo sistema de radar móvel para detecção e controle de posições de tiro 1L260-E

A NPO Strela PJSC (subsidiária da Almaz-Antey) criou e colocou em produção em série o sistema de radar de artilharia (ARLK) para reconhecimento de posições de mísseis e artilharia 1L260-E que atende aos mais recentes requisitos.

Graças a esse desenvolvimento, foi possível resolver o problema existente da carteira de pedidos de nosso país na área de reconhecimento de artilharia e mísseis. Além disso, o sistema desenvolvido garantiu superioridade nessa área entre os países industrializados que trabalham intensamente nessa direção.

Radar 1L261-E do sistema 1L260-E.
Radar 1L261-E do sistema 1L260-E.

A composição do sistema de radar de artilharia 1L260-E:

• estação de radar monopulso de três coordenadas com um conjunto de antenas em fases (item 1L261-E);

• máquina de manutenção (item 1I38-E);

• gerador ED60-T230P-1RAM4.

O ARLK 1L260-E resolve efetivamente missões de reconhecimento, com alta precisão, detectando as coordenadas das posições de tiro do inimigo disparando morteiros, artilharia, múltiplos sistemas de foguetes de lançamento e mísseis táticos, rastreando projéteis de artilharia e determinando sua classe, incluindo o calibre.

O sistema também controla suas próprias armas similares. Assim, no modo "Reconhecimento", o ARLK 1L260-E garante a abertura de posições de tiro inimigas e, no modo "Serviço", são determinadas as coordenadas dos pontos de impacto do projétil. Trabalhando nos modos "Inteligência" e "Serviço" ao mesmo tempo, o sistema também monitora o espaço para detectar mísseis anti-radar.

Os sistemas de mísseis e artilharia de reconhecimento ARLK 1L260-E adotaram a capacidade de manter uma operação altamente eficiente sob a influência de interferências passivas e ativas naturais, devido à descoberta de direção de suas fontes e compensação automática.

O software mais recente possibilitou a plena utilização do modo automático de operação do sistema  sem a participação de membros da tripulação, incluindo diagnóstico automático contínuo dos componentes do produto durante a execução de trabalhos de combate. O operador do  moderno sistema não aplica nenhum ajuste manual. A função de uma pessoa é controlar a operação automática em condições difíceis.

Os recursos de hardware do ARLK 1L260-E possibilitam não apenas o reconhecimento e o controle das posições de tiro de vários tipos de sistemas, mas também a adoção de um modo de visualização espacial no interesse da defesa aérea.

O uso de módulos de equipamentos de radar controlados por software forneceu uma mudança flexível nos modos de operação e a possibilidade de atualizações adicionais do produto, enquanto o número de destinos rastreados simultaneamente pode variar de 12 a 36.

O ARLK 1L260-E é exportado ativamente. O complexo é de grande interesse entre clientes estrangeiros, pois uma análise comparativa das características mostra que o ALCK 1L260-E é superior aos radares estrangeiros ROP "Cobra", AN/TPQ-53 e ARTHUR, tanto na faixa de reconhecimento quanto em várias características técnicas básicas.

Modo de Inteligência.

Modo de Inteligência.

Modo de serviço.
Modo de serviço.

Para clientes estrangeiros, o 1L260-E passa pelo estágio de aperfeiçoamento necessário, no qual os desenvolvedores levam em conta os recursos de um comprador em particular. A produção do complexo é realizada nas máquinas mais recentes, permitindo produzir componentes de alta precisão. O equipamento é de particular importância, pois afeta diretamente a qualidade e a confiabilidade dos produtos. É por isso que a PJSC NPO Strela presta muita atenção à contínua modernização da produção, garantindo alta competitividade dos produtos.

Após a entrega dos sistemas no território do cliente, os técnicos da empresa são enviados para treinar especialistas estrangeiros na operação e manutenção do ARLK 1L260-E.

Realizando o ciclo completo do desenvolvimento do produto ao treinamento de especialistas, a PJSC Strela NPO assume obrigações de garantia, uma vez que a qualidade e a confiabilidade dos produtos fabricados atendem aos mais altos padrões.

Estação de comando e operação do radar 1L260-E.
Estação de comando e operação do radar 1L260-E.
Traduzido por Pacto de Varsóvia.

Postar um comentário

0 Comentários