Empresa russa de defesa negocia a modernização do T-55 soviético

Empresa russa de defesa negocia a modernização do T-55 soviético

MOSCOU, 1 º de setembro. /TASS/. A Omsktransmash (parte do fabricante de defesa Uralvagonzavod dentro da empresa estatal de tecnologia Rostec) está realizando conversações com potenciais clientes sobre a atualização dos tanques de batalha soviéticos T-55, disse o CEO da empresa Igor Lobov à TASS na exposição internacional de armas Army-2021 que terminou nos arredores de Moscou.

"Desenvolvemos várias opções de modernização do tanque T-55. No momento, estamos realizando conversas com vários clientes e estamos prontos para trabalhar nessa direção, se necessário", disse o chefe executivo, respondendo a uma pergunta sobre se a empresa estava modernizando os tanques T-55.

O tanque de batalha T-55 foi o primeiro veículo blindado produzido em massa do mundo equipado com um sistema automático de proteção contra ataque nuclear. Era capaz de se envolver em operações de combate em uma guerra nuclear.

O T-55 é derivado do tanque T-54 e foi produzido de 1958 a 1979. Foi também o primeiro tanque a obter o sistema de proteção reativa de blindagem Drozd. O T-55 e sua modificação T-55A foram amplamente exportados e ainda estão operacionais em muitos exércitos estrangeiros. De acordo com vários dados, as empresas de defesa soviéticas produziram um total de cerca de 50.000 tanques T-55.

O T-55 é derivado do tanque T-54 e foi produzido de 1958 a 1979.
O T-55 é derivado do tanque T-54 e foi produzido de 1958 a 1979.

O fórum técnico militar-militar Army-2021 foi realizado no Centro de Exposições e Congressos Patriota nos arredores de Moscou nos dias 22 e 28 de agosto.

Traduzido por Pacto de Varsóvia.

Postar um comentário

0 Comentários